Religião

18/06/2022 | domtotal.com

Papa aos combonianos: cuidado com a "espiritualidade do espelho", é preciso ir além

Papa recebeu em audiência os missionários combonianos reunidos em Capítulo até 30 de junho

Combonianos estão reunidos em Roma para seu Capítulo
Combonianos estão reunidos em Roma para seu Capítulo Foto (Vatican Media)

O estilo do missionário foi o tema o discurso do Papa aos participantes do Capítulo Geral dos Missionários Combonianos do Coração de Jesus, recebidos em audiência este sábado. Francisco inclusive foi convidado pelos capitulares a celebrar em eles a festa do Sagrado Coração na próxima sexta-feira. “Agradeço”, respondeu, mas “participarei com a oração”.

Ir além ou "kaputt"

"Eu sou a videira, vós sois os ramos" é o tema do 19º Capítulo, que inspirou o discurso do Santo Padre. O Papa recordou as palavras de Jesus aos discípulos, que nada podem fazer sem Ele. “Se estivermos bem presos à videira, a seiva do Espírito passa de Cristo até nós e qualquer coisa façamos trará fruto, porque não é obra nossa, mas o amor de Cristo que atua através de nós.”

Francisco insistiu no aspecto do "ir além" e evitar a tentação da autorreferencialidade.

"Mas quando começamos com esta psicologia, espirtiualidade do espelho, deixamos de ir além e voltamos sempre para o nosso coração que esta doente: todos temos o nosso coração doente e a graça de Deus nos salva. Sem a graça, 'kaputt' (arruinado). Importante é isto com o Espírito, ir além."

Este é o segredo da vida cristã, acrescentou Francisco, em particular na missão, aonde quer que seja, Europa, África ou outros continentes. O missionário é o discípulo que está tão unido ao Mestre que as suas mãos, a sua mente e o seu coração são “canais” do amor de Cristo. Não é um proselisita. E o que levam em missão? A misericórdia, a compaixão e a ternura.

“A misericórdia, a ternura, é uma linguagem universal, que não conhece confins”, afirmou o Papa.

O "inferno" de algumas comunidades

O estilo de Deus, todavia, deve ser vivido em comunidade, que é outro aspecto que está sendo debatido pelos capitulares através de quatro temas: regra de vida, formação, ministerialidade e comunhão dos bens.

"Tantas vezes vemos que algumas comunidades religiosas são um verdadeiro inferno, um infermo de ciúmes, de luta de poder e o amor onde está?", questionou o Pontífice, recordando a importância de testemunhar o amor, que é o que atrai as pessoas.

“Gostaria de ressaltar que também aqui, no trabalho sobre estes quatro aspectos – entre eles interligados – é preciso que tudo seja feito na docilidade do Espírito, de modo que as necessárias planificações, projetos e iniciativas, tudo responda às exigências da evangelização.”

Francisco conclui abençoando os combonianos e desejando um bom prosseguimento dos trabalhos.

O XIX Capítulo Geral está em andamento até o dia 30 de junho, na Casa Geral da Instituto, em Roma. Os participantes capitulares são sessenta e nove, mais quatro observadores. São de 24 nacionalidades diferentes: 30 africanos, 28 europeus, 11 americanos. Os países de origem com mais capitulares são: Itália (13), Uganda (7), RD Congo (6), México, Espanha e Portugal.



Newsletter

Você quer receber notícias do domtotal em seu e-mail ou WhatsApp?

* Escolha qual editoria você deseja receber newsletter.

DomTotal é mantido pela EMGE - Escola de Engenharia e Dom Helder - Escola de Direito.

Engenharia Cívil, Ciência da Computação, Direito (Graduação, Mestrado e Doutorado).

Saiba mais!



Outras Notícias

Não há outras notícias com as tags relacionadas.