Direito

20/02/2017 | domtotal.com

Memória: 100 anos de Washington Albino de Souza

Jurista mineiro ensinou gerações e foi uma das principais referências nacionais e internacionais do Direito Econômico.

Livros de Albino de Souza fazem parte do acervo da biblioteca da Dom Helder.
Livros de Albino de Souza fazem parte do acervo da biblioteca da Dom Helder.

Por Giovani Clark*

Washington Peluso Albino de Souza completaria 100 anos no dia 26 de fevereiro de 2017. Falecido em junho de 2011, aos 94 anos, deixou um grande legado para a Ciência Jurídica nacional e latino-americana. Nasceu na cidade de Ubá (MG) e foi professor emérito da Faculdade de Direito da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), dedicando-se a docência desde 1951. Também foi diretor e coordenador do Curso de Pós-graduação da famosa Casa de Afonso Pena, bem como dirigiu a sua prestigiada Revista até os últimos dias de sua vida.

O professor Washington Peluso Albino de Souza foi pioneiro no Brasil ao introduzir o Direito Econômico como disciplina obrigatória nos currículos dos cursos de Graduação e Pós-graduação da Faculdade de Direito da UFMG, no início do anos 1970. Foi o idealizador e criador da Fundação Brasileira de Direito Econômico (FBDE), sendo o seu primeiro presidente. Produziu inúmeros artigos jurídicos e livros, entre os quais o mais estudado, inclusive atualmente, é o livro "Primeiras Linhas de Direito Econômico".

Ele, ainda, atuou como jornalista nos Diários Associados, na Folha de Minas, na Rádio Inconfidência, na Revista da Produção e no jornal Diário do Comércio. No exercício da assessoria jurídica da Associação Comercial do Estado de Minas Gerais, desempenhou papel de destaque na campanha de mobilização nacional que ficou conhecida como “O petróleo é nosso”. Na administração pública, ocupou a chefia de gabinete do secretário de Estado do Interior no governo de Milton Campos (1949-1950), e foi secretário da Fazenda do município de Belo Horizonte (1951-1953), durante a gestão do prefeito Américo Rennê Giannetti.

O mestre Washington Peluso Albino de Souza deixou saudades nas diversas gerações que ele ensinou com maestria o Direito Econômico. Ele foi um dos mais renomados e repeitados juristas nacionais, inclusive internacionalmente, durante o século XX e parte do XXI, especialmente em razão de sua dedicação para garantir o devido tratamento jurídico das políticas econômicas. Durante o ano do seu centenário, 2017, seus amigos, ex-alunos, admiradores e professores da Faculdade de Direito da UFMG farão uma série de atividades a fim de homenagear a sua memória e divulgar a sua vasta e intensa obra jurídica.


Redação DomTotal

*Giovani Clark, mestre e doutor em Direito, é professor de Direito Econômico da UFMG.

Comentários