Religião

27/08/2014 | domtotal.com

Beatificação de Dom Luciano tem início


Terá início às 18h30min, com Missa Solene na Catedral Metropolitana de Mariana, que fica na Praça da Sé, Centro de Mariana, a sessão de instalação do tribunal que dará início ao processo de Beatificação e Canonização de Dom Luciano Mendes de Almeida.

Dom  Luciano 10 - Arquivo Dacom

A celebração, que será presidida pelo Arcebispo de Mariana, Dom Geraldo Lyrio Rocha, marcará o começo da fase arquidiocesana do processo, que foi autorizado pela Congregação para a Causa dos Santos no dia 13 de maio deste ano.  “Por parte da Santa Sé, não há nada que impeça, para que se inicie a Causa de Beatificação e Canonização de Dom Luciano Pedro Mendes de Almeida”, informou a Congregação.

O bispo

Dom Luciano Mendes de Almeida foi arcebispo de Mariana de 1988 a 2006, quando faleceu aos 75 anos. O arcebispo, da Companhia de Jesus, foi secretário geral (de 1979 a 1986) e presidente (de 1987 a 1994) da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), por dois mandatos consecutivos.

Em nota publicada em 2006 sobre Dom Luciano, a Presidência da CNBB destacou entre as marcas que deixou na instituição, o dinamismo, a inteligência privilegiada, a dedicação incansável e o testemunho de amor à Igreja.     d luciano (2)

De origem fluminense, Dom Luciano nasceu em 5 de outubro de 1930. Doutor em Filosofia, foi membro do Conselho Permanente da CNBB de 1987 até o ano de sua morte. Também atuou na Pontifícia Comissão Justiça e Paz, foi vice-presidente do Conselho Episcopal Latino-americano (Celam) e presidente da Comissão Episcopal do Mutirão para a Superação da Miséria e da Fome.

Durante quase duas décadas à frente da Arquidiocese de Mariana (MG), o bispo deu forte impulso pastoral a esta Igreja particular, onde a organizou em cinco Regiões Pastorais. Deu atenção à formação permanente do clero, à realização de assembleias pastorais e à reestruturação de conselhos arquidiocesanos. Também organizou pastorais, religiosos, processos formativos do Seminário Arquidiocesano e obras sociais, além do investimento na capacitação e participação dos leigos e na preservação das Igrejas históricas.

Comenda Dom Luciano

Após a Sessão de Abertura do Tribunal para Beatificação, a Faculdade Arquidiocesana de Mariana promoverá, às 20h30, no Centro Cultural Arquidiocesano, que fica na rua Cônego Amando, 161, Bairro São José, a entrega da Comenda Dom Luciano Mendes de Almeida do Mérito Educacional e de Responsabilidade Social. A comenda, que foi criada em 2008, é entregue a personalidades e organizações que, por suas ações afirmativas, cumprem importante papel no campo da responsabilidade social. Serão agraciados este ano o Doutor Marcos Paulo de Souza Miranda, a Irmã Lucila Maia de Mendonça, o Cônego Agostinho de Lourdes Coimbra de Oliveira, a Professora Marly Moisés da Silva Araújo, a instituição Casa da Figueira e Dom Erwin Kräutler, que tem uma história de vida marcada por lutas em favor de causas sociais e ambientais na Amazônia.

EDITAL

de Publicação do Pedido de Canonização de Dom Luciano Mendes de Almeida, SJ

No dia 29 de junho, Solenidade de São Pedro e São Paulo, na Missa Solene que presidiu na Catedral Metropolitana de Mariana, o Senhor Arcebispo Dom Geraldo Lyrio Rocha, divulgou o edital de publicação do pedido de canonização de Dom Luciano Pedro Mendes de Almeida, SJ, nos seguintes termos: “Faço saber que, percebendo os sinais de crescente fama de santidade do Dom Luciano Pedro Mendes de Almeida, SJ, nomeei o Revmo. Sr. Côn. Lauro Sérgio Versiani Barbosa para a função de postulador da Causa de Beatificação e Canonização deste Servo de Deus, Arcebispo da Arquidiocese de Mariana, nascido aos 05 de outubro de 1930, no Rio de Janeiro, filho de Cândido Mendes de Almeida e de Emília de Mello Vieira Mendes de Almeida, falecido aos 27 de agosto de 2006, em São Paulo, SP. Seus restos mortais encontram-se na cripta da Catedral de Mariana. Nesta Arquidiocese, ele exerceu, de modo edificante, seu ministério episcopal desde 1988 até a morte, com fama de santidade.

Por meio deste, publicado na Catedral de Mariana e divulgado pelos meios de comunicação desta Arquidiocese, comunico que o Postulador, aos 20 de maio de 2014, dirigiu-me, conforme o direito, o pedido de introdução da Causa acima referida. Acolhi favoravelmente o pedido e, tendo nomeado o Tribunal para os trabalhos da fase arquidiocesana do processo, determinei que no dia 27 de agosto de 2014, na Sé Catedral, às 18h30min se realize a sessão pública de instalação do mesmo Tribunal.

Quem tiver notícias úteis acerca do processo mencionado queira enviá-las ao Tribunal da Arquidiocese de Mariana – Rua Direita, 102 – centro – 35 420 000 – Mariana, MG. Fone/fax: 31 3557 3922.


Arquidiocese de Mariana

Comentários