Religião Meu Dia com Deus

Dia 6 de Janeiro - Sábado

Ouça:




Confira também as mensagens de Dom Helder



Evangelho do dia: (Marcos 1,7-11)

Aleluia, aleluia, aleluia.
Abriram-se os céus, e fez-se ouvir a voz do Pai: Eis meu Filho muito amado, escutai-o, todos vós! (Mc 9,7).


Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Lucas.
1 7 Ele pôs-se a proclamar: "Depois de mim vem outro mais poderoso do que eu, ante o qual não sou digno de me prostrar para desatar-lhe a correia do calçado.
8 Eu vos batizei com água; ele, porém, vos batizará no Espírito Santo."
9 Ora, naqueles dias veio Jesus de Nazaré, da Galiléia, e foi batizado por João no Jordão.
10 No momento em que Jesus saía da água, João viu os céus abertos e descer o Espírito em forma de pomba sobre ele.
11 E ouviu-se dos céus uma voz: "Tu és o meu Filho muito amado; em ti ponho minha afeição."
Palavra da Salvação.

Meditando o evangelho

A AFEIÇÃO DE DEUS
A declaração do Pai: “Tu és o meu Filho amado; em ti encontro o meu agrado” revela o carinho de Deus tanto por Jesus quanto pela humanidade carente de salvação.
O carinho pelo Filho manifesta-se na plena confiança nele depositada, em vista da missão exigente que lhe seria incumbida, e na sua capacidade de levá-la até o fim. Só se confia uma tarefa importante a quem é bem conhecido, e cuja idoneidade e capacidade estão acima de qualquer suspeita.
Na relação de Jesus com o Pai, isto se deu em grau eminente. Ninguém conhecia o Filho melhor que o Pai que o incumbiu de salvar a humanidade. Por outro lado, o Pai estava seguro de que o Filho haveria de manter-se fiel, em meio às tremendas exigências de sua missão. Daí ter-se afeiçoado a ele.
O envio de Jesus já foi uma mostra de afeição do Pai pela humanidade. Embora contaminada pelo pecado e propensa a manter-se numa atitude hostil, jamais ela fora objeto da rejeição divina. De muitos modos, o Pai procurou atraí-la novamente a si, buscando refazer os laços de comunhão rompidos pelo pecado.Assim, a afeição do Pai por Jesus desdobrou-se em afeição pela humanidade. Resulta, daqui, uma exigência para cada pessoa humana. Como o Filho soube corresponder à afeição divina fazendo-se em tudo fiel e obediente ao Pai, do mesmo modo deve agir quem deseja acolher o apelo divino e refazer o caminho de comunhão com Deus.
Oração
Pai, sou-te grato pela afeição que tens por mim, manifestada de modo especial no envio de teu Filho Jesus. Dá-me a graça de corresponder, com fidelidade, ao teu amor.


Mais: Notícias / Liturgia / Roteiro Homilético

CALENDÁRIO
dom seg ter qua qui sex sab
Direito | Engenharia
Vídeos
Mais Lidas
Instituições Conveniadas